Informação

Objectivos

A licenciatura ou o 1º ciclo em Ciência Política e Relações Internacionais tem como objetivo principal fornecer aos alunos as ferramentas conceptuais ou os modelos teóricos que lhes permitam compreender e analisar as várias dimensões da Ciência Política, enquanto ciência do Poder, e os eixos segundo os quais se desenvolvem as Relações Internacionais. No que concerne à metodologia, o curso privilegia a criação de condições propícias à aprendizagem em ambientes interculturais e transdisciplinares.

 

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

A licenciatura em Ciência Política e Relações Internacionais, para além do natural enriquecimento pessoal e da compreensão crítica da dimensão política na vida social, assegura aos discentes o desenvolvimento de competências para a sua integração no mercado de trabalho nas áreas que são privilegiadas pelos curricula das unidades curriculares que compõem o plano de estudos.

Num Mundo globalizado, onde, no caso moçambicano, ganha pertinência a criação de sinergias decorrentes da inserção na União Africana e da condição Lusófona, os discentes devem dispor dos conhecimentos necessários para a compreensão das interdependências mundiais e regionais para que o seu âmbito de trabalho e/ou de investigação não fique excessivamente centrado na dimensão nacional.

Para tal, os discentes devem desenvolver capacidades no que diz respeito à seleção e utilização de fontes de dados, designadamente através da inventariação das bases de dados de organizações nacionais e internacionais, visando a produção de uma informação atual e atualizada.

O licenciado em Ciência Política e Relações Internacionais terá a capacidade de utilizar os elementos teóricos, entretanto transformados em conhecimentos, para captar a complexidade da vida nacional e internacional e proceder à análise de questões teóricas e práticas decorrentes de um sistema internacional global. Os alunos são preparados para adquirir as competências intelectuais necessárias à construção de argumentos próprios. 

Ficarão, igualmente, em condições de os expor com clareza e com espírito crítico, tendo presente as implicações éticas na área da política e das relações internacionais e assumindo uma atitude assertiva que visa a construção de uma sociedade mais justa e equitativa.

 

Saídas Profissionais

As saídas profissionais abarcam um vasto leque de setores da sociedade, uma vez que o licenciado em Ciência Política e Relações Internacionais pode vir a exercer atividades no âmbito da análise política, do conhecimento dos contextos sociopolíticos presente na elaboração de estudos de mercado, da preparação e implementação de campanhas políticas e da dinamização de projetos de partidos políticos e de movimentos de cidadãos.

As competências adquiridas constituem uma mais-valia para o acesso aos vários sectores público, privado, governamental e não-governamental, sendo de considerar a importância destes licenciados para a valorização da administração, quer ao nível do Poder Central quer do Poder Local.

Ver os comentários (19) sobre este curso.

Pré-inscrição/Manifestação de Interesse

A pré-inscrição é uma manifestação de interesse perante este curso. Os serviços acedémicos da instituição, caso o seu perfil esteja de acordo com os requisitos, entrarão em contacto consigo para dar seguimento à sua inscrição.

Indique qual a escola que frequentou, com que média terminou, se possui condições económicas entre outros dados que considere importantes para a primeira avaliação do seu perfil.

CONDIÇÕES:
a) MZFormativa não se responsabiliza por eventuais falhas na distribuição das fichas de pré-inscrição às respectivas instituições de ensino.
b) Os dados introduzidos pelos candidatos são da exclusiva responsabilidade dos mesmos.
c) O procedimento de pré-inscrição é um acto de manifestação de interesse do futuro candidato, pelo que deve ser o mesmo a garantir, por outros meios, que este procedimento foi realizado com êxito.

Informação

Documentos Necessários

Depois de efectuada a pré-inscrição deverá preparar a seguinte documentação (que pode variar de instituição para instituição e de grau académico para grau académico):

  • Original e cópia do certificado de habilitações com notas discriminadas do grau de ensino imediatamente inferior ao que se prentede candidatar.
  • Original e cópia do documento de identificação (B.I, passaporte ou cartão de residente).
  • Declaração de serviço, para os candidatos trabalhadores. Documento militar ou policial, caso seja militar ou polícia.
  • Atestado de situação militar regularizada para os candidatos masculinos em idade militar.
  • Três fotografias tipo-passe recentes.
  • Comprovativo do pagamento bancário da inscrição.

Deixe um Comentário

Deixe aqui o teu comentário ou a pergunta sobre o tópico para ajudar a comunidade ou para que a comunidade o ajude a si

Comentários

©2021 ASGLOBAL / Angola Formativa // Viana - Luanda - Angola | Webdesign AngolaBYDAS

Voltar ao Inicio

ciências

licenciatura

angola

internacionais

universidade

superior

instituto

relações

doutoramento

mestrado

ciências

licenciatura

angola

internacionais

universidade

superior

instituto

relações

doutoramento

mestrado

ciências

licenciatura

angola

internacionais

universidade

superior

instituto

relações

doutoramento

mestrado

ciências

licenciatura

angola

internacionais

universidade

superior

instituto

relações

doutoramento

mestrado

ciências

licenciatura

angola

internacionais

universidade

superior

instituto

relações

doutoramento

mestrado

ciências

licenciatura

angola

internacionais

universidade

superior

instituto

relações

doutoramento

mestrado

ciências

licenciatura

angola

internacionais

universidade

superior

instituto

relações

doutoramento

mestrado

ciências

licenciatura

angola

internacionais

universidade

superior

instituto

relações

doutoramento

mestrado

ciências

licenciatura

angola

internacionais

universidade

superior

instituto

relações

doutoramento

mestrado

ciências

licenciatura

angola

internacionais

universidade

superior

instituto

relações

doutoramento

mestrado