Informação

O turismo tem-se revelado uma área de importância crescente na economia dos países, a sua transversalidade tem tido reflexos na crescente automatização dos perfis profissionais centrados na gestão, planeamento e desenvolvimento, economia e marketing, tecnologia e cuja procura é amplamente reconhecida em países cuja aposta se centra no desenvolvimento integrado e sustentado do turismo.

Missão                                                                    

A missão da Faculdade de Turismo Hotelaria e Restauração é de Formar um profissional de turismo comprometido com a excelência e qualidade de serviços da sua área de actuação, com alto sentido de responsabilidade e postura ética, contribuindo para sua inserção na sociedade como agentes transformadores.

OBJECTIVOS
Gerais
A Faculdade de Turismo, Hotelaria e Restauração, como instituição educacional, destina-se a promover a educação sob múltiplas formas e graus, a ciência, cultura geral bem como a ética e valorização da pessoa humana através da ciência. 
Os cursos de Turismo, Hotelaria e Restauração, têm como objectivo central dotar os estudantes de um conjunto de competências profissionais e pessoais que lhes permitam gerir e desenvolver o turismo, respondendo adequadamente aos desafios colocados pelo sector no contexto da sua importância económica.
Desta forma, a FTHR tem como finalidade:

  •  Formar profissionais do sector do turismo aptos para a inserção no sector profissional e comprometidos com o desenvolvimento da sociedade Moçambicana;
  •  Incentivar pesquisas para o desenvolvimento de novos produtos e mercados para o benefício do sector do turismo;
  •  Desenvolver uma cultura de trabalha e paixão pela área do turismo através do ensino;
  •  Promover iniciativas de desenvolvimento do turismo que estimulem a participação da população local e valorização dos recursos endógenos;
  •  Proporcionar uma formação académica superior capaz de dotar os estudantes de competências em matérias de turismo, e desenvolvimento de negócios.    

Específicos

  •  Integrar as questões sectoriais no âmbito da complexidade sócio económica do País;    
  •  Compreender o alcance do papel das políticas públicas;    
  •  Avaliar processos e resultados no sentido de alcançar regulações e reajustamentos susceptíveis de optimizar meios e políticas de desenvolvimento turístico local, regional, provincial ou nacional;    
  •  Administrar e desenvolver de forma ética e socialmente responsável recursos humanos e materiais;    
  •  Gerir de forma adequada as técnicas e as inovações tecnológicas de modo a garantir a competitividade dos destinos turísticos;    
  • Organizar de forma estruturada o potencial da oferta turística nacional, tem por base os cursos e atractivos turísticos actuais e a desenvolver no futuro;    
  •  Empreender as iniciativas no âmbito da criação de empresas com impacto na comunidade local. 

Perfil do Graduado

  •  Funcionários do Governo com capacidade e vontade para implementar os objectivos do turismo e maximizar os benefícios económicos e sociais para a população;    
  •  Gestores do desenvolvimento do turismo ao nível nacional;    
  •  Gestores do turismo em áreas de conservação contribuindo para a preservação de recursos naturais e da fauna bravia;    
  •  Gestores do turismo ao nível comunitário permitindo canalizar os potenciais benefícios e sociais do turismo para as comunidades locais;    
  •  Gestores profissionais de negócios privados na indústria do turismo: aeroportos, agências de viagens, rent-a-car, hotelaria, restauração, animação turística, gestores de empresa de turismo da natureza, turismo cultural e patrimonial;    
  •  Empreendedores na área do turismo.

Neste contexto, o licenciado em gestão e desenvolvimento do turismo deve possuir um conjunto de qualidades, capacidades e competências que lhe permitam exercer com sucesso da sua profissão nos três domínios: SABER, SABER FAZER e SABER SER.

No saber:
Compreender e interpretar criticamente a realidade local, provincial, nacional e internacional nos aspectos políticos, económicos, sociais e culturais associados à gestão e desenvolvimento do turismo.    

No saber-fazer:
Propor soluções lógicas e estrategicas para os problemas que afectam o País e o Continente na gestão e desenvolvimento do turismo.
Equilibrar a capacidade de trabalho manual e intelectual.

No saber ser:
Possuir uma visão humanista da realidade sendo capaz de a enquadrar no desenvolvimento das sus capacidades enquanto estudante e futuramente como profissional;
Agir ética e responsavelmente diante dos desafios sociais e ambientais num contexto dos impostos do turismo e da sustentabilidade dos recursos do pais.


Seja o primeiro a escrever um comentário sobre este curso.

Pré-inscrição/Manifestação de Interesse

A pré-inscrição é uma manifestação de interesse perante este curso. Os serviços acedémicos da instituição, caso o seu perfil esteja de acordo com os requisitos, entrarão em contacto consigo para dar seguimento à sua inscrição.

Indique qual a escola que frequentou, com que média terminou, se possui condições económicas entre outros dados que considere importantes para a primeira avaliação do seu perfil.

Indique os 5 números apresentados na imagem abaixo.

security code

CONDIÇÕES:
a) Angola Formativa não se responsabiliza por eventuais falhas na distribuição das fichas de pré-inscrição às respectivas instituições de ensino.
b) Os dados introduzidos pelos candidatos são da exclusiva responsabilidade dos mesmos.
c) O procedimento de pré-inscrição é um acto de manifestação de interesse do futuro candidato, pelo que deve ser o mesmo a garantir, por outros meios, que este procedimento foi realizado com êxito.

Informação

Documentos Necessários

Depois de efectuada a pré-inscrição deverá preparar a seguinte documentação (que pode variar de instituição para instituição e de grau académico para grau académico):

  • Original e cópia do certificado de habilitações com notas discriminadas do grau de ensino imediatamente inferior ao que se prentede candidatar.
  • Original e cópia do documento de identificação (B.I, passaporte ou cartão de residente).
  • Declaração de serviço, para os candidatos trabalhadores. Documento militar ou policial, caso seja militar ou polícia.
  • Atestado de situação militar regularizada para os candidatos masculinos em idade militar.
  • Três fotografias tipo-passe recentes.
  • Comprovativo do pagamento bancário da inscrição.

Deixe um Comentário

Deixe aqui o teu comentário ou a pergunta sobre o tópico para ajudar a comunidade ou para que a comunidade o ajude a si

Indique os 5 números apresentados na imagem abaixo.

security code

Comentários

A carregar os comentários...

©2019 ASGLOBAL // Matola - Maputo - Moçambique | Webdesign MoçambiqueBYDAS

Voltar ao Inicio