O Tempo e o Vento

Érico Veríssimo

O livro é composto por três novelas, A Fonte, Ana Terra e Um Certo Capitão Rodrigo, que aparecem intercaladas por fragmentos de uma outra narrativa, “O sobrado”. Embora independentes, as narrativas possuem traços que as unem, fazendo com que o romance apre

O livro é composto por três novelas, A FonteAna Terra e Um Certo Capitão Rodrigo, que aparecem intercaladas por fragmentos de uma outra narrativa, “O sobrado”. Embora independentes, as narrativas possuem traços que as unem, fazendo com que o romance apresente certa unidade. 

A primeira novela, A Fonte, narra episódios ocorridos no território conhecido como Sete Povos das Missões no século XVIII. Um dos principais personagens, o padre Alonzo, um jesuíta que trabalha nesse local com indígenas, encontra uma mulher prestes a dar a luz. A mulher morre no parto, mas o bebê, um mestiço que recebe o nome Pedro, sobrevive e se torna objeto de grande atenção do padre. Com o tempo, Pedro cresce e se torna um jovem inteligente e fortemente ligado a religião, narrando com freqüência a ocorrência de visões identificadas com a simbologia católica. Esse capítulo tem fim com a narração da disputa da região por portugueses e espanhóis.   

Na novela Ana Terra, a personagem principal dá nome ao capítulo. Ana Terra é filha de um homem que escolheu se estabelecer no Rio Grande do Sul como agricultor. Pedro, personagem apresentado no capítulo anterior, é encontrado por ela ferido na mata e acaba se tornando empregado de seu pai. Ana Terra desenvolve então um forte sentimento de desejo pelo mestiço, que acaba ocasionando sua gravidez. A reação de seu pai ao descobrir o ocorrido é muito violenta, ele ordena aos filhos que levem Pedro para longe da fazenda, mas Ana sente que na verdade eles o mataram. Anos depois, a fazenda é atacada por castelhanos,  todos os homens da família são mortos e Ana Terra estuprada. A protagonista sobrevive com a cunhada e o filho, o grupo consegue ajuda para escapar da região. Elas se estabelecem na região de Santa Fé.  

A narrativa de Um Certo Capitão Rodrigo tem início com a chegada do capitão Rodrigo a Santa Fé. O protagonista se apaixona por Bibiana Terra, neta de Ana Terra, apresentada no capítulo anterior. Porém, a moça tem como pretendente o filho do homem mais importante da cidade. Além disso, o pai da jovem não simpatiza com o capitão. No entanto, Rodrigo faz tudo o que está ao seu alcance para permanecer na cidade e se casar com Bibiana, entrando inclusive em um duelo com seu rival, que covardemente o atinge com uma bala. Recuperado do ferimento, Rodrigo consegue o consentimento para se casar com Bibiana e abre um armazém com o irmão da moça. O casamento ia bastante bem até que com o tempo e a chegada dos filhos, Rodrigo perde parte do interesse pela mulher, começa a beber muito, a jogar em excesso e a manter amantes. O protagonista morre no fim da narrativa envolvido com outro conflito bélico: a Guerra dos Farrapos.

Fonte: Mz Formativa


DESCARREGAR (PDF)

Deixe um Comentário

Deixe aqui o teu comentário ou a pergunta sobre o tópico para ajudar a comunidade ou para que a comunidade o ajude a si

Indique os 5 números apresentados na imagem abaixo.

security code

Comentários

A carregar os comentários...

©2019 ASGLOBAL // Matola - Maputo - Moçambique | Webdesign MoçambiqueBYDAS

Voltar ao Inicio