JavaScript Guia do Programador

Maurício Samy Silva

JavaScript é uma linguagem de programação interpretada2 . Foi originalmente implementada como parte dos navegadores web para que scripts pudessem ser executados do lado do cliente e interagissem com o usuário sem a necessidade deste script passar pelo serv

JavaScript é uma linguagem de programação interpretada2 . Foi originalmente implementada como parte dos navegadores web para que scripts pudessem ser executados do lado do cliente e interagissem com o usuário sem a necessidade deste script passar pelo servidor, controlando o navegador, realizando comunicação assíncrona e alterando o conteúdo do documento exibido.

É atualmente a principal linguagem para programação client-side em navegadores web. Começa também a ser bastante utilizada do lado do servidor através de ambientes como o node.js. Foi concebida para ser uma linguagem script com orientação a objetos baseada em protótipos, tipagem fraca e dinâmica e funções de primeira classe.

Possui suporte à programação funcional e apresenta recursos como fechamentos e funções de alta ordem comumente indisponíveis em linguagens populares como Java e C++. É baseada em ECMAScript padronizada pela Ecma international nas especificações ECMA-2623 e ISO/IEC 16262.

JavaScript foi originalmente desenvolvido por Brendan Eich da Netscape sob o nome de Mocha, posteriormente teve seu nome mudado para LiveScript e por fim JavaScript. LiveScript foi o nome oficial da linguagem quando foi lançada pela primeira vez na versão beta do navegador Netscape 2.0 em setembro de 1995, mas teve seu nome mudado em um anúncio conjunto com a Sun Microsystems em dezembro de 1995 quando foi implementado no navegador Netscape versão 2.0B3.

A mudança de nome de LiveScript para JavaScript coincidiu com a época em que a Netscape adicionou suporte à tecnologia Java em seu navegador (Applets). A escolha final do nome causou confusão dando a impressão de que a linguagem foi baseada em java, sendo que tal escolha foi caracterizada por muitos como uma estratégia de marketing da Netscape para aproveitar a popularidade do recém-lançado Java.

JavaScript rapidamente adquiriu ampla aceitação como linguagem de script client-side de páginas web. Como consequência, aMicrosoft desenvolveu um dialeto compatível com a linguagem de nome JScript para evitar problemas de marca registrada. JScript adicionou novos métodos para consertar métodos do Javascript relacionados a data que apresentavam problemas[carece de fontes]. JScript foi incluído no Internet Explorer 3.0, liberado em Agosto de 1996.

Javascript e Jscript são tão similares que os dois termos são comumente usados de forma intercambiável. A Microsoft entretanto declara muitas características nas quais JScript não conforma com a especificação ECMA.

Em novembro de 1996 a Netscape anunciou que tinha submetido JavaScript para Ecma internacional como candidato a padrão industrial e o trabalho subsequente resultou na versão padronizada chamada ECMAScript.

Fonte: Mz Formativa


DESCARREGAR (PDF)

Deixe um Comentário

Deixe aqui o teu comentário ou a pergunta sobre o tópico para ajudar a comunidade ou para que a comunidade o ajude a si

Indique os 5 números apresentados na imagem abaixo.

security code

Comentários

A carregar os comentários...

©2019 ASGLOBAL // Matola - Maputo - Moçambique | Webdesign MoçambiqueBYDAS

Voltar ao Inicio